sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Vende-se T2, em frente à funerária

Na rua da funerária

Ninguém se esquece

Acontece

Uma dorzita, por vezes, aguda

Mas muita saúde

Não é

A sorte

É

A morte ali

Ao regar das flores

Na rua da funerária

Apregoando que

A vida acontece

Uma vez

Na rua da funerária

Ninguém se esquece

De viver

De resto,

Algumas rachas

Da idade

Humidade, pouca

Área de muita vegetação

Duplex

Cachet

Box

2 comentários:

Margot disse...

Espetaculo... Tens de continuar a revisão literária iniciada ...

Triste Flor disse...

Uma dorzita, por vezes, aguda... ali na rua da funerária as certezas previstas... belo blog, belas imagens, parabéns.